Encontrando meu caminho

Eu também não acreditava! Precisei viver e sentir o reiki…

Juro, eu também não acreditava como que o uma energia aplicada com as mãos poderia curar. Eu não conseguia entender.

Quando fiz o primeiro curso Reiki 1 – O despertar em 2016, tínhamos os 21 dias de auto aplicação e auto cura, e como eu tinha feito o curso mas não estava muito certa de que isso de fato funcionava, relaxei… não fiz a auto aplicação de reiki que depois do curso é obrigatória.

Vida seguiu e alguns meses depois comecei a ter dores no ombro direto e com o passar das semanas eu não conseguia mais levantar o braço. Pentear o cabelo e  escovar os dentes eram tarefas muito difíceis. Eu simplesmente não conseguia, porque a dor não me deixava.

Procurei um especialista, fiz exames e nada! Nada que justificasse aquela dor.

Procurei então uma casa espírita e fiz cirurgia espiritual no ombro. E nada. Tomei os chás, passei a pomada, usei a argila e nada.

Alguns meses depois um conhecido foi fazer o curso de reiki 1 e comentou que estava vivendo experiências incríveis nos 21 dias de auto cura e me perguntou o que eu tinha sentido. Isso foi quase um ano depois… E obviamente eu não tinha o que dizer, porque eu simplesmente não tinha feito.

Resumindo: comecei a fazer naquela noite mesmo! Nos primeiros dias eu não conseguia usar a mão direita porque o meu braço não se mexia mais. Resumindo de novo: ao final dos 21 dias eu não tinha mais dores no ombro. Resumindo mais uma vez: a minha dor no ombro era apenas o acumulo que energia que eu não estava usando para cuidar de mim mesma, como eu tinha me proposto a fazer.

Quando percebi isso, senti vergonha de mim mesma! Dali para frente, fiz o curso de reiki 2 – A Transformação, o reiki 3A – Mestre de Si mesmo e enfim o reiki 3B – Mestrado e em todos eles segui à risca os 21 dias de auto aplicação e auto cura.

E do fim do mestrado em diante passei a viver o reiki todos os dias e a minha vida mudou.

Mais um caso…

Há pouco mais 7 meses sofri um acidente e precisei colocar 8 pinos e mais uma placa de titânio para segurar meu pulso. Foram duas cirurgias e 3 semanas de imobilização… seriam também 90 dias de fisioterapia e mais uns 180 dias de restrições. Quem sabe em dois anos eu estaria novamente com alguns movimentos menos “duros”.

Bom, eu fiz reiki em mim. Todos os dias… sempre que eu lembrava durante o dia… Continuei atendendo no dia seguinte que saí do hospital para que essa energia pudesse também de curar. Em 4 semanas voltei a fazer meus trabalhos da faculdade e digitar no computador. Com 5 semanas voltei a escrever. Com 7 semanas voltei a dirigir. Com 9 semanas voltei a remar.

Não acredito em milagres, mas acredito no reiki. Como sou meio São Tomé, preciso ver para crer e a vida não cansa de me dar provas da força do reiki, que na sua simplicidade (tão simples que muitas vezes não acreditamos nela) é capaz de fazer um excelente trabalho.

Reiki cura o corpo e cura a alma. Acredite!

Se você busca alguma cura, para alguma dor que não possui diagnóstico nem explicação, talvez o reiki seja uma boa opção.

Um abraço!!!

Site: Terapeuta Gabriela Mund : https://www.gabrielamund.com/

Instagram: @gabrielacmund

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.