LINHAS SALGADAS, de Moacir Kienast: A paixão pelos esportes do mar – principalmente o surfe e bodyboard – e todo o estilo de vida compartilhado por quem enfrenta os desafios das ondas são a fonte de inspiração desse trabalho. São textos de diversos gêneros que mesclam a leveza da crônica com a densidade dos bons artigos de opinião, além de relatos que flertam ora com a poesia, ora com o jornalismo.

Um relato do autor :

“-Este livro conta um pouco a história de um tempo não muito longe onde a vontade de fazer do mundo um lugar melhor, estava viva, mas o caminho, não. Hoje, parece que encontrei esse caminho. O meu caminho.
Um tempo onde fomos levados a crer que poderíamos ser coadjuvantes da história, onde poderíamos mudar o meio, sem se adaptar. Um lugar de descobertas, de crescimento interno e muita, muita vontade de viver. Foram milhares de litros de água salgada lavando nossa alma, nosso corpo e nossas vontades. Um lapso de tempo em que houve a necessidade de se comunicar ferozmente, de compartilhar descobertas, de andar, sempre pra frente, de ser ouvido.
Como aquela onda que chega na costa, e vai distribuindo sua força pela praia quebrando em toda a extensão da areia trazendo quietude e barulho ao mesmo tempo.
Vendo daqui, onde estou, tenho aquela sensação gostosa, de orgulho, de felicidade, que só temos ao observar uma onda perfeita quebrando sozinha, próximos de nós.
Sigo firme, em busca da desconstrução e reconstrução diária.”

Moacir Kienast

Pré venda aqui pelo site da editora Ipê:

Lançamento dia 11/04 na casa da cultura Dide Brandão, em Itajai, as 19:30. Antes disso, somente venda pelo link

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *