Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter saúde não se define apenas pela ausência de afeções e enfermidades, mas é um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Para que tenhamos harmonia e equilíbrio em nossas vidas, além de ter um propósito, como já falamos em temas anteriores, também é preciso harmonizar seu campo físico, mental, espiritual e emocional.

Fazer aquilo que gosta em excesso, com sobrecarga, não representa uma vida de propósito ou equilibrada. Todo excesso gera desarmonia, e não saber dosar o tempo, não equilibrar as áreas da sua vida, também podem gerar consequências negativas.
Vamos começar com o nosso campo físico, para isso, precisamos pensar, sentir e agir com a intenção de suprir nossas necessidades fisiológicas, isso engloba uma boa nutrição alimentar com uma dieta balanceada, preferindo alimentos orgânicos, qualidade na degustação dos alimentos e a pratica do estado de presença durante a alimentação.

Dica: durante a refeição deixe o celular na bolsa, reserve um período específico para as refeições, procure perceber com mais atenção o gosto dos alimentos, sabores, cores, texturas. Evite ingerir líquidos nessa hora. E melhore seu consumo de água durante o dia. Procure a indicação de um profissional da nutrição, isso lhe ajudará a fazer escolhas assertivas, diante das suas necessidades. Lembrando que cada organismo tem necessidades específicas, e seu estado de saúde precisa ser avaliado diante do seu contexto.

Movimentos diários, incluindo a prática de atividade física regular, ou até mesmo trocar hábitos como: preferir escadas à elevadores, fazer pequenos trajetos a pé. Para iniciar qualquer atividade física, você precisa consultar seu médico que fará com você esse acompanhamento. Procure locais com referências e habilitados para a prática de atividades. Para aqueles que não gostam de academia, hoje o mercado tem muitas opções e variedades, procure a mais adequada para você.

Aqui você precisa aliar uma boa dieta, atividade física, sono com qualidade, e para todos os níveis você pode incluir a meditação. Prática regular de estado de presença, entendimento do seu próprio corpo, aumentando seu nível de consciência e percepção. Para aqueles que dizem não ter tempo, mais meditação precisam, pois não estão sabendo dosar na medida certa entre uma área e outra. Lembre-se sempre de sorrir para vida, isso alimentará todos os seus campos.

Na próxima semana, vamos continuar com práticas e dicas para nutrir nosso campo emocional. Manda seu e-mail com sugestões de temas, vou adorar conhecer suas práticas de vida integral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *